• BUD CONSTRUTORA

Aquecimento de piscinas: Como funciona e qual o melhor equipamento?


Existem diversas soluções para aumentar a usabilidade e o conforto do usuário durante o banho, cada uma com suas características e vantagens, demandando estudo e atenção no momento da escolha.

AQUECIMENTO SOLAR:

Solução mais usual para edificações com boa insolação e área de telhado disponível, utiliza placas específicas, resistentes à ação corrosiva promovida pelo cloro presente na água das piscinas, para o aquecimento da água. Por depender apenas de questões climáticas para realizar a troca de calor, possui menor custo operacional quando comparada aos outros sistemas, todavia tem seu funcionamento prejudicado em dias nublados e frios.



AQUECEDOR DE PASSAGEM ELÉTRICO:

Este equipamento é capaz de aquecer a piscina em qualquer condição climática. Seu funcionamento é semelhante ao de um chuveiro elétrico, todavia dimensionado para maiores volumes de água. É indicado para casas com placas fotovoltaicas pois o consumo de energia é elevado, além disso requer instalação elétrica específica.






AQUECEDOR DE PASSAGEM A GÁS:

É o mesmo equipamento utilizado para o aquecimento da residência, todavia de maior capacidade. Por não ser resistente ao cloro, é associado à um trocador de calor indireto, resistente à corrosão, que isola a água da piscina da água que entra em contato com o aquecedor. Este trocador de calor é composto por placas com pequenos canais por onde cada circuito de água circula, e através dos pontos de contato entre essas ocorre o aquecimento do fluído. É uma solução com eficiência energética reduzida, mas ideal para pequenos volumes ou então piscinas com necessidade de aquecimento em um curto intervalo de tempo.



CALDEIRAS:

É o sistema mais antigo de aquecimento, que consiste num reservatório de acumulação de água que pode ter sua origem energética através da queima de gás ou então pelo aquecimento de resistências elétricas. Por comportar grandes volumes é muito utilizado em clubes e grandes piscinas. Atualmente é mais utilizado como sistema de apoio ao aquecimento solar em função do elevado gasto energético.





BOMBA DE CALOR:

Este equipamento tem seu funcionamento semelhante ao de refrigeradores, no qual utiliza o ar do ambiente, em temperatura mais elevada do que à água da piscina, para aquecer o fluído refrigerante presente na forma de vapor na serpentina interna. Este fluído vaporizado, uma vez aquecido, é comprimido para um condensador onde volta ao estado líquido e então realiza a troca de calor com a água. O líquido refrigerante é evaporizado novamente e reinicia-se o ciclo. A alimentação do equipamento é feita pela rede elétrica, todavia por utilizar calor do próprio ambiente tem o consumo de energia reduzido quando comparado ao aquecedor de passagem, mas tem um período de aquecimento muito superior demandando que seja acionado com certa antecedência ao uso da piscina. Além disso, pela forma de obtenção de calor tem o funcionamento restrito aos dias quentes.

20 visualizações0 comentário